BLOG

Aqui você encontra mais informações sobre propriedade industrial,

com a análise de quem é especialista no assunto. 

VOLTAR
O contrato de confidencialidade para o know-how da sua empresa

O contrato de confidencialidade para o know-how da sua empresa

Muitas empresas ainda não sabem o valor que o contrato de confidencialidade tem dentro de um negócio. Novos empreendedores e startups, principalmente, não conhecem essa ferramenta capaz de proteger sua empresa e suas ideias.

Quer saber como isso pode salvar o seu know-how, te colocar acima dos concorrentes e cuidar para que não roubem sua ideia? Acompanhe o post completo e fique por dentro do assunto!

O que é contrato de confidencialidade?

Antes de falarmos sobre a importância do contrato para sua empresa, é importante você saber o que ele é.

Também conhecido como NDA (Non Disclosure Agreement) ou acordo de sigilo, o contrato de confidencialidade é um instrumento jurídico que protege segredos de indústrias e comércios, possibilitando a exclusividade da sua ideia, processos, serviços, transações ou know-how frente aos seus concorrentes.

Esse contrato pode aparecer como um acordo ou cláusula de um contrato de trabalho ou de prestação de serviços. Ou seja, você perde o medo de contratar pessoas ou fazer parcerias com empresa que não te passam confiança, porque, com o NDA, tem-se uma penalização caso suas informações sejam divulgadas.

Ao fazer o contrato, é importante definir alguns pontos:

  • Quem vai fazer parte dele, as empresas ou pessoas envolvidas, quem deve guardar sigilo etc;
  • Definir com clareza quais informações serão guardadas confidencialmente - podem ser estratégias comerciais, know-how (conhecimento processual), dados financeiros ou clientela, desenvolvimento de produtos e assuntos tecnológicos;
  • Também precisa constar o período que a confidencialidade vai durar. Se forem informações sobre uma campanha publicitária, as ideias podem ser confidenciais até o lançamento dela. Já o processo ou fórmula de um produto, como a Coca-Cola, por exemplo, deve ser confidencial pelo resto da vida para sempre se diferenciar dos concorrentes;
  • Delimitar multas e o que será feito em caso de impasse jurídico;
  • Especificar em que tribunal, cidade e país a questão será julgada.

Por que o contrato de confidencialidade pode salvar sua empresa

Imagina só, você criou um know-how que revolucionou o seu produto ou serviço, seja o processo realizado de forma diferente, as matérias-primas utilizadas ou até os profissionais escolhidos a dedo.

Com isso, você fica na frente dos concorrentes de seu nicho. Aí, certo dia, um concorrente compra de um de seus colaboradores ou fornecedores informações valiosas sobre seu projeto. Como resolver?

Diante dessa situação, não tem como, toda a vantagem competitiva que você tinha no mercado vai por água abaixo.

Mas nem tudo está perdido! Você pode se prevenir desse episódio traumatizante investindo em um contrato de confidencialidade.

O principal motivo para investir em um contrato de confidencialidade é manter um diferencial frente a sua concorrência, guardando processos importantes de seu produto ou serviço, evitando, judicialmente, que seja espalhado as informações necessárias do know-how de sua empresa.

“Mas eu não preciso contar para ninguém o que eu faço dentro da empresa?”

Essa é uma questão comum nesse meio. Podemos contestá-la com apenas uma palavra: colaboradores! Muitas vezes não por mal, mas os colaboradores podem espalhar por aí os processos, ou até virar um concorrente e carregar sua ideia junto!

Dessa forma, proteger o seu negócio e as inovações que criaram em sua segmentação em uma cláusula do contrato de trabalho é essencial.

Outro caso possível de acontecer, é com empresas parceiras, terceirizadas ou que vão prestar algum serviço para seu estabelecimento. Essas pessoas normalmente precisam de informações cruciais de seu know-how, seja para produzi-lo, como uma fábrica, ou melhorá-lo, como uma consultoria.

Ao fazer um contrato de confidencialidade, você preserva seu negócio dos concorrentes, mantendo-o seguro. E não só o projeto, mas a própria empresa e sua existência.

Ainda pode vazar informações? Claro, a diferença é que, com o contrato, há um desencorajamento do outro de divulgar seus dados por você estar protegido pela lei, sendo necessário o pagamento da multa e de enfrentar todas as penalidades que foram aplicadas no escrito caso quebrem o acordo.

Tendo esse seguro em mãos, é muito mais fácil o caminho jurídico em caso de descumprimento. Por o NDA ser um acordo sério, o ideal é investir em uma assessoria que te auxilie quanto aos momentos que você precisará usar o documento.

E mais, como exige informações minuciosas, bem elaboradas e detalhadas, ter profissionais assessorando o processo inteiro te ajuda a não esquecer nenhuma informação relevante ou descrever algo de forma ambígua, que pode acabar prejudicando você e seu negócio.

A vantagem aqui é gerar segurança. Por isso, não se esqueça: para evitar que terceiros ou envolvidos saia por aí espalhando informações relacionadas ao seu know-how, corra para fazer seu contrato de confidencialidade com uma empresa especializada!

A AtlasPi trabalha duro para oferecer o melhor serviço de assessoria para o seu negócio, auxiliando com contratos, a registrar patentes, desenhos industriais e mais! Confira!

Acompanhe nosso blog e conheça mais sobre direito autoral, desenho industrial ou economia criativa!

    Nemo enim ipsam voluptatem quia voluptas sit aspernatur aut odit aut fugit, sed quia consequuntur magni dolores eos qui ratione voluptatem sequi nesciunt. Neque porro quisquam est, qui dolorem ipsum quia dolor sit amet, consectetur, adipisci velit, sed quia non numquam eius modi tempora incidunt ut labore et dolore magnam aliquam quaerat voluptatem. Ut enim ad minima veniam, quis nostrum exercitationem ullam corporis suscipit laboriosam, nisi ut aliquid ex ea commodi consequatur? SAIBA MAIS

    SOBRE ATLAS E GESTÃO 360°