BLOG

Aqui você encontra mais informações sobre propriedade industrial,

com a análise de quem é especialista no assunto. 

VOLTAR
Economia criativa e Registro de Marca: por que são necessários?

Economia criativa e Registro de Marca: por que são necessários?

O empreendedor, desde o começo de seu negócio, já enfrenta diversos desafios para colocar seu trabalho em funcionamento, principalmente quando precisa se fazer conhecido frente aos consumidores.

A Economia Criativa trouxe para o mercado inovação em todos os nichos que atua, sendo necessária na maioria das empresas para que elas conquistem um diferencial comparado aos concorrentes.

Hoje, novos empreendedores estão surgindo com ideias criativas em busca de uma renda extra ou autonomia de lucro. O crescimento dessas iniciativas têm chegado de maneira informal, tomando espaço, muitas vezes, de empresas tradicionais já vistas no mercado.

Entretanto, não adianta esbanjar novidade e conhecimento sem garantir que cada ideia proposta seja exclusivamente da sua empresa. Por isso, é fundamental um registro de marca antes de começar a abrir ao público qualquer processo.

Veja a seguir o que é Economia Criativa e Registro de Marca e por que eles são importantes para o seu negócio.

O que é Economia Criativa?

A produção criativa tem crescido de forma exacerbada no Brasil e no mundo. Seja em meio a empresas já firmadas ou novos empreendedores.

A Economia Criativa traz princípios mais humanos e colaborativos, abrangendo agências publicitárias, produtoras de músicas, arquitetos, profissionais da moda e da tecnologia, artistas e artesãos (pequenos ou grandes) que recebem por isso.

Também engloba pessoas que lidam com atividades formadas por criatividade e capital intelectual, mesmo sem recursos financeiros envolvidos, como grafiteiros e músicos que disponibilizam músicas free, por exemplo.

Destaque é a palavra que mais se encaixa nessa modalidade, pelo seu enorme desempenho na economia e nas empresas em geral.

O consumo exagerado de produtos e serviços está exigindo das empresas muito mais do que uma grande escala de produção, mas um diferencial.

Assim, aquele modelo antigo de indústrias tradicionais não se encaixa mais nos dias de hoje. Forçando os empresários a pensarem em novas formas de conquistar seu cliente com soluções inovadoras.

A criatividade é intrínseca ao ser humano. Evoluir com conteúdos relevantes, implementando a ideia do seu negócio, a estruturação de clientes e projetos, é um diferencial estratégico no momento de vender e crescer.

Para você ter uma ideia do crescimento da Indústria Criativa, no cenário de crise de 2013 até 2015,  a economia foi a menos prejudicada, crescendo sua participação enquanto as demais decaíram.

Ter funcionários competentes da área criativa dentro das empresas é o que mais tem ajudado em situações de crise. É por isso que a economia é cada vez mais valorizada.

O que é Registro de Marca?

Entender que a marca trata de palavras e/ou símbolos utilizados para diferenciar o seu produto ou serviço de outro semelhante ou idêntico, é de extrema importância.

Um exemplo prático e muito conhecido é a Apple. Quando falamos na marca, logo nos vem à mente: empresa de celulares. Ao pensarmos no nome Apple, lembramos do desenho da maçã mordida como logotipo, certo?

É essa a função da marca: te fazer reconhecido perante o consumidor. A maçã mordida da Apple é um símbolo, tanto para quem a consome, quanto para quem apenas a conhece.

Mas como isso vai acontecer com a sua empresa se tem um concorrente exatamente com o mesmo nome? É aí que entra o registro!

Ao registrar, você tem todo o direito sobre ela. Seu nome e logotipo estão reservados especialmente para o seu negócio.

Registro de marca na economia criativa 

Agora que você conhece o registro de marca e a economia criativa, compreenda a importância dos dois juntos no mercado:

Por que é importante ter m registro de marca?

Quando falamos sobre registro de marcas na economia criativa, não deveríamos nem ter dúvidas sobre sua necessidade!

Pensem comigo, se toda marca corre o risco de ser plagiada, imagina as áreas de criação que crescem diariamente?

Como qualquer outro setor, os que investem em economia criativa devem se preocupar com o registro do seu negócio.

Outro ponto é que, por ser criação, muitas vezes a criatividade pula solta na hora de escolher o nome e o logo para a firma, o que tem uma grande chance de ser “genial” e ter pessoas de olho, prontas para copiar.

Há muita gente que copia “na cara larga”. Proteger sua identidade, auxilia os consumidores em geral a te conhecer e te identificar independentemente de onde estejam, precisando ou não de seus serviços ou produtos.

Eu mesmo devo fazer o processo?

O processo é bem burocrático e exige tempo. Infelizmente, por conta disso, muitos empreendedores acabam adiando o registro, prejudicando a empresa ao arriscar perder sua identidade frente aos consumidores.

A melhor opção é contratar uma assessoria que faça para você. Mas, ao escolher, tenha muito cuidado. Busque por empresas que sejam transparentes e de confiança.

A assessoria deve te ajudar com o registro, pesquisar e confirmar a exclusividade do nome e da identidade no mercado e mexer com toda a papelada. O ideal é que ela não atue apenas ao fim desse processo, mas que te dê auxílio com a gestão de marca e continue acompanhando.

Deu para compreender a importância do registro de marca? Firmar sua empresa de Economia Criativa no mercado com uma identidade própria faz toda a diferença para seus clientes atuais e possíveis compradores e/ou investidores!

O que achou deste post? Se quiser conferir outros conteúdos com informações como essas, basta acompanhar nosso blog!

    Nemo enim ipsam voluptatem quia voluptas sit aspernatur aut odit aut fugit, sed quia consequuntur magni dolores eos qui ratione voluptatem sequi nesciunt. Neque porro quisquam est, qui dolorem ipsum quia dolor sit amet, consectetur, adipisci velit, sed quia non numquam eius modi tempora incidunt ut labore et dolore magnam aliquam quaerat voluptatem. Ut enim ad minima veniam, quis nostrum exercitationem ullam corporis suscipit laboriosam, nisi ut aliquid ex ea commodi consequatur? SAIBA MAIS

    SOBRE ATLAS E GESTÃO 360°